sábado, 20 de junho de 2009

CUBA - MAIS AÇÕES PELOS 5 HERÓIS

Chamam a escritores dos EUA a apoiar os antiterroristas cubanos.   .

Havana, 19 jun (Prensa Latina).  . Escritores e artistas cubanos convocaram hoje seus colegas estadunidenses a pronunciar contra a negativa do Corte Suprema de Justiça de seu país a revisar a causa dos cinco antiterroristas da ilha presos em cárceres norteñas.

Uma carta difundida hoje aqui pela presidência da União Nacional de Escritores e Artistas qualifica esse fato como um novo capítulo na longa corrente de arbitrariedades que, por mais de uma década, tem privado de liberdade a Gerardo Hernández, René González, Ramón Labañino, Antonio Guerreiro e Fernando González.

Desse modo, reforçou-se um reclamo universal proveniente de numerosas vozes no mundo e nos próprios Estados Unidos.

O recurso legal apresentado pelos advogados ante a Corte, argumenta o documento, tem o aval de 10 prêmios Nobel, centenas de parlamentares europeus, latino-americanos e caribenhos, organizações de juristas e numerosas instituições religiosas, acadêmicas, culturais e de direitos humanos em todo o planeta.

O texto recorda que os cinco cubanos foram condenados em Miami, onde foram submetidos a um processo judicial manipulado pela ultradireita cubano-americana .

Com a cumplicidade e o apoio de autoridades estadunidenses, agrega, estes grupos do sul da Flórida organizaram e perpetraram atos terroristas contra Cuba, que têm custado vidas inocentes.

Os cinco jamais puseram em perigo a segurança nacional dos Estados Unidos, sublinha a missiva, nem atentaram contra qualquer cidadão desse país. Seu objetivo foi impedir que os terroristas que atuam impunemente nos Estados Unidos consumassem seus planos , especifica.

O presidente Barack Obama tem o dever de libertá-los. Com isso cumpriria um ato de elementar justiça e seria coerente com seu discurso do passado 21 de maio em Washington, quando defendeu a recuperação da legalidade na luta contra o terrorismo, pontualiza a carta.

Estamos convencidos de que, se o povo norte-americano conhecesse a verdade sobre os Cinco, como se conhece internacionalmente, poria todo seu empenho para que fossem definitivamente libertados e regressassem ao seio de suas famílias, conclui o apelo.

Um comentário:

  1. Se Obama é prémio nobel , então onde está a liberdade para estes cinco cubanos ? Exijo que esse titulo seja utilizado com a finalidade da luta pela liberdade dos Povos ,pela Paz e para a reposição dos direitos humanos nos Estados Unidos, coisa que nunca foi respeitada .

    ResponderExcluir