quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

EUA - Nova sentença em Miami

A juíza federal de Miami, sul dos Estados Unidos, deu nova sentença nesta
terça-feira (8/12) a dois dos cinco lutadores antiterroristas cubanos. Ramón Labañino a 30 anos de prisão enquanto que Fernando González recebeu
uma pena de 17 anos e 9 meses.
 
Ramón havia recebido uma pena inicial de cadeia perpétua mais 18
anos. Fernando tinha uma pena anterior de 19 anos.
 
Segundo informaram os meios de imprensa norte-americanos, a juíza Joan
Lenard aceitou o pedido de redução de pena apresentado pelos
advogados de Ramón após considerar que o castigo a cadeia perpétua
era, na verdade, “indevidamente duro”.
 
Presos desde 1998, os cinco antiterroristas cubanos, Fernando
González, Antonio Guerrero, Gerardo Hernández, René González e Ramón
Labañino, compareceram pela primeira vez em novembro de 2000, ao julgamento frente ao tribunal de Miami presidido pela juíza Joan Lenard.
 
Lenard anunciou a nova sentença para Ramón e Fernando, que, juntamente com os outros três heróis, cumpriram em 12 de setembro passado, 11 anos
de prisão injustificada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário