quinta-feira, 27 de maio de 2010

RS - Todos a XVIII Convenção Nacional

DE 4 A 6 DE JUNHO O RIO GRANDE DO SUL SEDIARÁ A XVIII CONVENÇÃO NACIONAL DE SOLIDARIEDADE A CUBA.



O Secretário do Conselho de Estado da República de Cuba, Homero Acosta, fará a conferência de abertura da XVIII Convenção.



Por Vânia Barbosa – DRT 8927



De 4 a 6 de junho, a Associação Cultural José Marti do Rio Grande do Sul realiza, em Porto Alegre, a XVIII Convenção de Solidariedade a Cuba, ocasião em que também será comemorado os 50 anos do Instituto Cubano de Amizade entre os Povos – ICAP. Nos dois primeiros dias (4 e 5), as atividades acontecem na Assembléia Legislativa do estado e no último (6), no Parque da Redenção.



A Abertura oficial da XVIII Convenção ocorre as 19 h, do dia 4 de junho, com o pronunciamento do Secretário do Conselho de Estado da República de Cuba, Homero Acosta Alvarez, graduado em direito pela Universidade de Havana e Mestre em Direito Público pela Universidade de Valência - Espanha. Alvarez é membro da União Nacional de Juristas e iniciou sua carreira nas Forças Armadas Revolucionárias sendo, ainda, o Primeiro Vice – Chefe de Gabinete de Raúl Castro.



Após a conferência, o músico, cantante, guitarrista e cantautor, cubano, Vicente Feliú, acompanhado de convidados do Grupo Trovas da Pátria Grande, entre eles, Pedro Munhoz, Zé Martins e Leonardo Ribeiro, realizam o show de abertura das atividades culturais do evento. Feliú Já atuou em mais de 20 países da América, Europa e África, acompanhado dos cantores Silvio Rodríguez e Pablo Milanés (Cuba), Luis Eduardo Aute e Caco Senante (Espanha), Isabel Parra e Inti Illimani (Chile), León Gieco e Mercedes Sosa (Argentina), Raul Ellwanger (Brasil), Jackson Browne, Pete Seeger, Holly Near e Little Stevens (Estados Unidos), Daniel Viglietti e Alfredo Zitarrosa (Uruguay), Luis Enrique e Carlos Mejía Godoy (Nicaragua). Atualmente dirige o Centro Cultural Canto de Todos, em Cuba.



Na manhã do dia 4, antecedendo a abertura oficial da Convenção, ocorre a apresentação do Grupo Trilho de Teatro Popular – com trilha musical composta por Mário Falcão -, e, posteriormente, a Conferência “O bloqueio e as consequências no desenvolvimento da Nação Cubana”, ministrada pelo Embaixador cubano, Carlos Zamora Rodriguez.



Na sequência, o Painel "A campanha midiática internacional contra Cuba e sua expressão no Brasil". Participam: a socióloga e doutora em Educação e em Sociologia, Ruth Ignácio (PUC/RS); o jornalista editor do blog RS Urgente e redator do Jornal Eletrônico Sul 21, Marco Aurélio Weissheimer (RS); o jornalista,escritor,membro do conselho editorial do Brasil de Fato e Editor-Chefe do Jornal Página 64, Mário Augusto Jakobskind (RJ); o jornalista e correspondente da Telesur/TV Senado, Beto Almeida (DF) e a Coordenadora Geral da ACJM/MG, Miriam Gontijo.



As 14 h o cantor e compositor Raul Ellwanger antecede, com show, as atividades do segundo painel “Os Cinco Heróis: quando o autoritarismo supera os Direitos Humanos”. Participam: o jornalista e escritor, Fernando Morais (SP); a familiar representante dos Cinco Heróis, Magaly Llort Ruiz (Cuba); o Doutor em História, Mestre em Ciência Política e integrante dos Conselhos Editoriais das revistas História & Luta de Classes e Tempos Históricos, Enrique Serra Padrós (UFRGS); o jornalista, membro do Comitê Nacional pela Libertação dos Cinco./SP, Max Altman e o Promotor de Justiça e membro da direção da ACJM/Aré (RJ), Gino Bastos.



No segundo dia do evento (5) as 9 h, o ator e cantor Zé da Terreira abre as atividades, acompanhado do maracanã, seu instrumento de percussão mais freqüente. Zé encaminha o Painel “ICAP: 50 anos de Luta, Solidariedade e Integração com os Povos”: Participam: o cientista social e Diretor do Acampamento Internacional Julio Antonio Mella – CIJAM (Brigadas de Solidariedade a Cuba); Juan Carlos Machado Barrios; a Presidente da ACJM /RJ e docente da UFRJ, Zuleide Faria de Melo; a Coordenadora do Núcleo de Estudos Cubanos - NESCUBA -/CEAM/UnB, Maria Auxiliadora César; o Presidente da ACJM/SC, Edson Puente e a Coordenadora do Movimento Paulista de Solidariedade a Cuba, Vivian Mendes (SP).



No período da tarde a atividade cultural fica por conta do intérprete de música latino - americana e nativista, Demétrio Xavier e os debates abrem com o Painel A Colaboração Internacionalista da Revolução Cubana: experiências em Educação e Saúde”. Participam: o Secretário do Conselho de Estado da República de Cuba, Homero Acosta; o Reitor da Escola Latino - Americana de Medicina – ELAM, Juan Carrizo; o representante da Direção Nacional da Associação Médica Nacional "Maíra Fachini"(AMN-MF), doutor Maruan Hassan El Eis, médico brasileiro formado na ELAM; o membro do Comitê de Defesa da Revolução - CDR/Internacionalista, Afonso Magalhães (DF) e o representante da Associação dos Pais e Alunos da ELAM - ASPA/MG, Alexander Corradi.



Também estarão presentes nessa XVIII Convenção, a Coordenadora Política da Embaixada de Cuba no Brasil, Maria Antonia Ramos Lara e o representante do ICAP, Fábio Simeon. Do Brasil participam dirigentes e militantes de entidades e instituições dos estados de MG; RJ; SP; PA; PR: SC; RN; PE; RS; ES; CE; RN; BA e DF, além de deputados das Frentes Parlamentares de Solidariedade a Cuba, vereadores, representantes e militantes de Partidos políticos e demais entidades apoiadoras da causa cubana. Ainda, estudantes e professores secundaristas e universitários, sindicalistas, profissionais liberais e representantes das áreas culturais, educacionais e políticas do estado.




GRUPOS DE TRABALHO



Ainda, na Assembleia Legislativa, ao término dos painéis apresentados, enquanto as direções das entidades de solidariedade se reúnem para avaliação das ações empreendidas em prol do governo cubano, paralelamente serão formados grupos de trabalho visando a debater e apresentar propostas sobre os seguintes temas: “A Campanha Midiática e o Papel da Imprensa Alternativa”. Portal “Cuba Viva”, sob a coordenação do presidente da ACJM/BA, Otávio Barreto e a relatoria da vice – presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS – Sindjors, Márcia Camarano.



O segundo grupo, “Brigadas de Solidariedade”, terá como Coordenador o Diretor do CIJAM, Juan Carlos Machado Barrios e a relatoria da Coordenadora Nacional das Brigadas de Solidariedade Telma Araujo (MG).


“Nescuba – Memória” terá como coordenadora Maria Auxiliadora César, do Núcleo de Estudos Cubanos - NESCUBA – /CEAM/UnB e como relator o presidente da Associação Cultura Brasil-Cuba/PE, Marlos Duarte.



Sob a coordenação do historiador Gilson Gruginskie (RS) e com relatoria do representante da CEBRAPAZ – PR, professor Kiko, será debatido o tema “Médicos/Estudantes/Pais”, relacionado à situação dos jovens brasileiros que cursam, gratuitamente, medicina na ELAM, em Cuba.



O último grupo, “Frentes Parlamentares”, coordenado pelo Deputado. Estadual Raul Carrion, da Frente Parlamentar de Solidariedade a Cuba/RS, terá relatoria do Deputado Estadual Sargento Amauri Soares (SC) e contará, ainda, com as presenças do Deputado Estadual Raul Marcelo, Coordenador da Frente Parlamentar de Solidariedade a Cuba/SP e da Deputada Federal Vanessa Grazziotin, Coordenadora da Frente Parlamentar Brasil/Cuba da Câmara Federal, além de demais parlamentares que compõem a Frente no RS.



As 17h30 as atividades no Legislativo gaúcho serão encerradas com a apresentação da Carta de Porto Alegre e do Plano de Ação definido nos Grupos de Trabalho.




PLENÁRIA DA SOLIDARIEDADE




As atividades do último dia da XVIII Convenção, em 6 de junho, serão marcadas pela Plenária da Solidariedade, no Parque da Redenção, com a aprovação da Carta de Porto Alegre e a apresentação do grupo teatral Circo Petit POA, e uma Oficina de Salsa , com o Professor Cubano Arnel Hechevarria, O grupo de Brincantes Paralelo 30 e músicos da solidariedade.



Segundo o presidente da Associação Cultural José Marti/RS, Ricardo Haesbaert, “além de aprofundar os debates dos temas ocorridos em convenções anteriores, essa XVIII Convenção tem, ainda, como grande desafio, a reflexão sobre um outro tipo de bloqueio imposto a Cuba: o bloqueio midiático, que sem dúvida alguma tem a intenção de desestabilizar e prejudicar o governo e o povo daquela Nação”.


Ainda, para Haesbaert, “a clareza sobre a histórica luta do povo cubano para defender a sua soberania, é fundamental na defesa de outras nações humilhadas e explorados pelos governos imperialistas, principalmente o estadunidense”.





ATIVIDADES EXTRAS



Dia 02/06

10h30 – Escola Estadual Padre Reus, Porto Alegre- Entrega do Busto e Livros Edad de Ouro de José Martí -

19h - Em Gravataí -RS, Conferência do Consul Geral de Cuba em SP, Lázaro Mendez e Fábio Simeon do ICAP, seguido do espetáculo musical do cantor cubano, Vicente Feliú, e convidados.

Dia 03/06

11h – Nova Santa Rita - Ida da delegação cubana ao Assentamento da Coopan – MST



Dia 05/06

21 h - Festa da Convenção: ICAP: 50 anos de Luta, Solidariedade e Integração dos Povos




Maiores informações com as jornalistas


Camila Ali – DRT 12.605, por meio dos telefones Cel. (051) 96818179 e (051) 32244953 (ACJM/RS), e Vânia Barbosa – DRT 8927, Cel. (051) 99156431.



Também, nos Sites:


WWW.JOSEMARTI.COM.BR


WWW.SOLIDARIEDADEACUBA.BLOGSPOT.COM


WWW.ICAP.CU



SÃO APOIADORES DA XVIII CONVENÇÃO NACIONAL DE SOLIDARIEDADE A CUBA



ASSEMBLEIA LEGISLATIVO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL; PREFEITURA DE PORTO ALEGRE; PREFEITURA DE GRAVATAÍ; AFOCEFE; CEFAL; CTB; CGTB; FECOSUL; FEDERAÇÃO DOS BANCÁRIOS; FEDERAÇÃO DOS METALÚRGICOS; FETRAFI; PÁTRIA LIVRE; PC DO B; PCB; PDT; PSOL; PSB; PT; SEMAPI; SERGS; SIMPE; SINDICATO DOS METALÚRGICOS DE PORTO ALEGRE; SINDAF; SINDIÁGUA; SINDICATO DOS PORTUÁRIOS DE RIO GRANDE; SINDIPOLO; SINDJUS; SINDJORS; SINDBANCÁRIOS; SINDSEPERS; SINDSERF/RS; SINDSPREV; SINFEEAL; SINTAF; SINTEC; SINTERGS; SINTRAJUFE; STIMMMEPOA; UGEIRM.




cartaz-cinco-heris1folder-5folder-parte-externa

Nenhum comentário:

Postar um comentário