sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Em Cuba, presidente do Irã se reúne com Fidel e Raul

O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, disse na quinta-feira, dia 12, que se alegrou em ver o líder cubano Fidel Castro bem de saúde, após se reunir com ele durante uma breve visita à Ilha, em um período de tensão com o Ocidente por causa do programa nuclear do país islâmico.

O presidente cubano, Raul Castro, foi até o Aeroporto Internacional José Martí, de Havana, despedir-se de Ahmadinejad, que seguia para o Equador. Nos encontros entre os dois líderes, eles dialogaram sobre “o excelente estado” das relações bilaterais.

“Tivemos reuniões muito boas com o comandante Fidel Castro, conversamos sobre muitos temas, foi motivo de grande alegria para mim ver o comandante Fidel bem de saúde”, disse Ahmadinejad a jornalistas ao concluir sua visita de um dia.

“Vimos que ele acompanha todos os assuntos nacionais e os temas mundiais detalhadamente, com muito gosto”, acrescentou o líder iraniano antes de partir para o Equador, a última parada de um giro por quatro países da América Latina críticos à política capitalista e de Washington.

A reunião de Ahmadinejad e Fidel Castro durou duas horas, afirmou Raul.

“Eu perguntei à noite a Ahmadinejad quem havia falado mais e ele disse que foi Fidel”, disse, sorrindo. “É uma mostra de que [Fidel Castro] está muito bem, realmente está muito bem”, acrescentou.

A viagem de Ahmadinejad incluiu também Venezuela e Nicarágua e ocorreu depois de os EUA imporem novas sanções dificultando a maioria dos países de comprar petróleo iraniano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário