sábado, 17 de maio de 2014

Parceria estratégica com Cuba traz para Portugal tratamentos inovadores na área da reabilitação




A Câmara Municipal de Vila Real de Santo António e o Grupo Hospital Particular do Algarve inauguraram, esta terça-feira, dia 13 de maio, o Centro Médico Internacional de Vila Real de Santo António, uma estrutura de excelência que dotará a cidade algarvia com um conjunto de serviços e tratamentos médicos inovadores, desenvolvidos em parceria com os serviços de saúde cubanos.
Além de oferecer um serviço de atendimento permanente, várias especialidades médicas e meios complementares de diagnóstico, o equipamento, localizado no Complexo Desportivo de VRSA, afirma-se como uma referência nacional e internacional na área da medicina física de reabilitação e desportiva.
A equipa multidisciplinar luso-cubana é composta por médicos fisiatras, ortopedista, fisioterapeutas e preparadores físicos reconhecidos internacionalmente, todos com larga experiência na reabilitação de atletas de renome nacionais e estrangeiros.
De acordo com Luís Gomes, presidente da Câmara Municipal de VRSA, «esta estrutura dá seguimento aos acordos de cooperação estabelecidos – desde 2008 – entre os serviços de saúde da República de Cuba e o Município de VRSA e beneficia do know-how de médicos especialistas, terapeutas e profissionais nas áreas da medicina física e reabilitação».
«É com base nestas excelentes referências que dezenas de pessoas continuam a procurar em Cuba uma última solução para os seus problemas de saúde. Entendemos, por isso, que estava na altura de trazer este conhecimento de Cuba para Portugal, particularmente para Vila Real de Santo António», nota Luís Gomes.
O novo espaço médico, hoje inaugurado na presença do presidente da Câmara Municipal de VRSA, Luís Gomes, da embaixadora de Cuba em Portugal, Johana Tablada de la Torre, e do presidente do conselho de administração do HPA, João Bacalhau, ficará repartido por dois pisos do Complexo Desportivo onde se incluem diversos gabinetes de consultas, salas de tratamentos vocacionadas para a medicina física e de reabilitação, uma sala de raio-x, um gabinete de enfermagem, uma sala de observação e gabinetes de consultas de especialidade.
Terá uma vasta oferta de consultas externas como nutrição, pediatria, dermatologia, reumatologia, urologia, obstetrícia, clínica geral, otorrinolaringologia, psicologia, oftalmologia, reumatologia, medicina e radiologia dentária, entre outras especialidades, possuindo acordos com subsistemas de saúde.
A área da Medicina Física e de Reabilitação engloba consultas especializadas relacionadas com lesões musculares e tendinosas e problemas neurológicos ou respiratórios e integra médicos fisiatras, fisioterapeutas, terapeutas da fala, terapeutas ocupacionais e neuropsicólogos que operam com modalidades inovadoras e em múltiplas áreas de intervenção.
O Centro irá também disponibilizar uma consulta específica para situações ou síndromes de dor crônica ou recorrente, cujas intervenções serão baseadas em novas abordagens, minimamente invasivas mas com resultados eficazes.
Quanto à Medicina Desportiva, será dirigida tanto para atletas de alta competição, tanto para atletas amadores, incluindo qualquer modalidade.
Com estas novas valências, o Complexo Desportivo amplia ainda mais a sua projeção junto das centenas de atletas de alta competição que anualmente ali efetuam estágios de preparação, permitindo a consolidação do projeto de turismo de desporto que há décadas se iniciou em VRSA, agora no binómio turismo-saúde.
Recorde-se que o município de VRSA foi pioneiro no envio de pacientes a Cuba, em 2007, altura em que, em Portugal, esperava-se 4 anos para conseguir uma consulta de oftalmologia e aproximadamente 8 anos para uma operação às cataratas.
Progressivamente, os tratamentos alargaram-se às áreas da reabilitação física, dermatologia e neurocirurgia, provocando roturas em áreas em que a resposta do SNS fica aquém das verdadeiras necessidades das utentes.
Por: Município de Vila Real de Santo António
Retirado de Planetalgarve

Nenhum comentário:

Postar um comentário